Carregando...

NOTÍCIAS

23/06/2021
O que acontece caso o indivíduo exerça funções no país estrangeiro que vão além das previstas em seu Visto?
   By Linhares Law

Caso o cidadão entre em um país e realize atividades que não estão cobertas pelo seu Visto (como trabalhar em um território com Visto de estudante), essa pessoa poderá ser considerada um imigrante ilegal e estará sujeita a deportação. Quando ocorre a deportação esse indivíduo fica impossibilitado de visitar o país novamente, ou pode ser impedido por um longo período.

07/07/2021
Estados Unidos liberam entrada de estudantes brasileiros
   By Linhares Law

De acordo com as últimas informações obtidas, estudantes brasileiros que têm cursos nos Estados Unidos a partir de 1º de agosto de 2021 poderão entrar no país da América do Norte. Aqueles que tiverem o visto de estudante válido nas categorias F e M estão aptos a embarcar sem consultar a Embaixada ou os Consulados estadunidenses no Brasil. No entanto, os estudantes só podem viajar até 30 dias antes do primeiro dia do curso e não entrarão nos Estados Unidos se a antecedência for maior.

Quem ainda não tem visto de estudante deve consultar o site da Embaixada ou dos Consulados mais próximos. As entrevistas de visto para as categorias dessa exceção foram retomadas em meados de maio de 2021.


10/13/2021
Os EUA não podem parar de emitir vistos durante a proibição de viagens, julga juiz federal
   By Linhares Law

A decisão veio em resposta a uma ação movida por um grupo de particulares e uma coalizão de escritórios de advocacia de imigração com o apoio da American Immigration Lawyers Association (AILA), sobre a recusa do Departamento de Estado em emitir vistos durante a pandemia, relatou o Northjersey.com.

10/12/2021
EUA vai abrir fronteiras terrestres a turistas vacinados em novembro
   By Linhares Law

O governo dos Estados Unidos abrirá as fronteiras terrestres com México e Canadá no início de novembro aos viajantes vacinados contra a covid-19 que pretendem entrar no país por motivos considerados não essenciais, anunciou um alto funcionário da Casa Branca.

A fonte afirmou que a data precisa de entrada em vigor da nova regra será anunciada "em breve" para as viagens por via terrestre, assim como para as viagens internacionais de avião, submetidas ao mesmo calendário e para as quais a vacinação obrigatória foi anunciada em 20 de setembro.


21/09/2022
Análise dos processos de imigração para os EUA está mais rápida
   By Linhares Law

Ótima notícia para imigrantes brasileiros: a agilidade na análise de pedidos de imigração (green card) e de autorização de trabalho anunciada pelo Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS) em maio está se comprovando. O trabalho realmente tem sido feito pelo órgão de maneira mais rápida.


O objetivo da agência americana é avaliar a maioria dos processos em seis meses. Mas as boas notícias não param por aí. Para algumas categorias especificas, esse prazo pode ser reduzido até para duas semanas. De acordo com o órgão as novas medidas irão beneficiar cerca de 9,5 milhões de pessoas que aguardam a conclusão de seus processos com o USCIS, além das novas solicitações.


Vale registrar que antes da pandemia, dependendo da categoria, o tempo médio para análise de um pedido de imigração variava de oito a dez meses. Graças a Covid e as medidas do governo anterior houve um grande atraso no processamento dos casos, especialmente após o fechamento temporário dos postos de atendimento do USCIS, em 2020. A partir de então, a maioria dos solicitantes têm aguardado até dois anos para terem seus processos aprovados. Os atrasos também afetaram a emissão do work permit, documento que permite que estrangeiros trabalhem legalmente nos EUA enquanto aguardam o julgamento de seus processos. 


O USCIS busca como oportunidade arrecadar mais fundos para o governo americano. Para cada serviço é cobrada uma taxa diferente, e existe inclusive uma taxa para processamento mais rápido chamada premium process. O governo americano certamente está expandindo as categorias elegíveis para o Premium Process com o objetivo de recuperar o prejuízo financeiro causado pela pandemia. Anualmente o USCIS arrecada 5 bilhões de dólares em taxas, mas este valor caiu para menos de 4 bilhões nos dois últimos anos.